Fogaças in the world!

União regada a viagens e novas experiências

Tailânida – Bangkok dia 02

Deixe um comentário

Para nossa surpresa, até que conseguimos  acordar cedo e saímos com os planos de visitar os templos nesse dia.  Antes, uma paradinha no 7 eleven pro café da manhã.

20170302_082725

Pedimos um carro pelo GRAB e solicitamos para que nos deixassem no Grand Palace. O transito estava intenso e a corrida demorou mais que o esperado. Para completar, neste exato dia havia um evento lá envolvendo o aniversario de morte de 6 meses do Rei. Muito tailandês vestido de preto e algumas ruas estavam interditadas.  O taxista era um jovem engenheiro químico que havia iniciado com o taxi há poucos dias como segundo trabalho. Ele nos contou um pouco sobre o amor das pessoas ao rei morto e o respeito ao sucessor, seu filho. Contou ainda que o rei fez muitas coisas boas pela Tailândia. Esse rei é um caso a parte.  Em Bangkok, tem foto dele espalhada pra todo lado. Inclusive dentro de shopping. É algo curioso. Vi em algum lugar que há uma lei que proíbe que se fale mal do rei. Então tá, né?  Vou nem colocar foto dele aqui então. Haha20170302_091427

Depois de nos perder um pouco indo pro lugar errado, chegamos no Grand Palace. Lá estavam outros 3 brasileiros nos esperando para passearmos juntos. Uma novidade nessa nossa viagem foi a possibilidade de marcar encontros com pouco tempo de antecedência com o pessoal que também está viajando, por grupos de whatsapp. Recurso bem interessante, inclusive para quem viaja sozinho (que era o caso de um dos que estava conosco este dia).

Chegando lá encontramos o pessoal , aquela MULTIDAO de gente para visitar este ponto turístico e aquele calor belezinha típico de Bangkok. É bom andar com protetor solar e uma garrafinha de agua. Para entrar, essencial estar de calça e ombros cobertos, senão não entra. Essa regra é rígida, então vá preparado.  Apesar de lá ter “roupa” para emprestar ou calças que chamo de calça de Aladdin para vender nas barraquinhas na rua, ganha-se tempo se já for vestido do jeito adequado.

O lugar é enorme e há templos dentro, não conseguimos ver tudo. Não por falta de tempo, mas por falta de paciência mesmo. Com aquele horror de gente somado ao calor, chega um momento que esse cenário nos faz querer sair de lá correndo. Mas do que conseguimos ver, podemos dizer que é um lugar muito bonito e riquíssimo em detalhes em sua arquitetura.

É bem surpreendente e impressionante, não se parece com nada que havíamos conhecido antes.

Era hora do almoço e saímos caçando lugar para comer fora do templo, pelo TripAdvisor conseguimos chegar num lugar bem avaliado mas que estava fechado então resolvemos perambular e ligar o modo “feeling” ON. A gente entrou em uns becos, atravessamos um mercado de peixe perto de umas docas e quando estávamos quase convencidos que estávamos no fim dos fins do mundo, eis que “surge” um restaurante bem convidativo à nossa frente, às margens do Rio. Parecia miragem no deserto. Kkk

O lugar chama Eat Sight Story e tem um deck agradável. Tem vista para o Wat Arun e dá para acompanhar o vai-e-vem dos barcos no Rio Chao Phraya enquanto faz sua refeição.  Ficamos lá por bastante tempo, jogando papo fora e trocando experiências.

Na sequencia, fomos ao outro ponto turístico nesse mesmo lado do rio, o Wat Po, que é o templo do buda reclinado. Lá, ao contrario do Grand Palace, é bem tranquilo e pequeno. Dá para visitar com calma e ainda encontrar uns monges pelo caminho.

 

Inicio da noite, fomos conhecer a tão falada Khao San Road. É uma rua não muito extensa, cheia de barraca, gente pra todo lado, música alta (tipo pancadão) e algumas ofertas de bichos exóticos para comer (tipo grilo, escorpião etc). Acho que nesse ponto os tailandeses devem dar risada, mó galera viaja o mundo pra comer escorpião/aranha quando nem eles comem. Essa, nós passamos.

Mas achamos um bar lá e ficamos imersos da vibe jovem dessa rua por umas boas horas. Ponto para a confusão do fuso horário. Rs Já era madrugada quando pegamos o taxi (também pelo GRAB) para o apartamento. Dica aos vegetarianos, tem um Burguer King lá na Kao San e é muito gostoso. Achamos melhor que o do Brasil.

20170302_202040

Bom, pro próximo dia de passeio, iríamos conhecer os elefantes o que já estava agendado desde o Brasil. Até o próximo Post!

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s