Fogaças in the world!

União regada a viagens e novas experiências

Um domingo em Bogotá

1 comentário

Aos domingos algumas ruas são fechadas até as 14:00 para que ciclistas e esportistas possam também desfrutar do espaço para fazerem exercícios. Há muita gente de bike, patins, correndo e passeando com cães. O clima é ameno e propício para exercitar-se sem torrar ao sol.
DSC_0002                    DSC_0003

Para o passeio do dia, pegamos um táxi e fomos ao centro histórico, na candelária, e visitamos o museu do ouro, demos uma passada pela praça bolívar e também o museu do Botero que fica dentro da casa da moeda.

DSC_0017

Por ser domingo, a entrada no museu do ouro foi gratuita, nos outros dias é  pago mas não é nada muito caro.
As ruas estavam cheias. Muitos ambulantes e artistas de rua. Muito barulho também. Cada ambulante que tenha seu próprio som com uma gravação berrando o que está vendendo. Quem não tem o aparato usa o gogó mesmo e estabelece-se o caos. Rs.

IMG-20150302-WA0007 IMG-20150302-WA0006
E vendem de tudo, frutas, artesanato, bolo, sucos, milho assado, banana frita, carne assada e por aí vai. Nada parece ter muita higiene mas as pessoas que compram em geral parecem não estar preocupadas. Nós arriscamos um milho assado pois afinal o fogo mata o que tiver de matar. Ou não.

IMG-20150302-WA0000

No museu Botero há inúmeras obras do artista desde quadros a esculturas. Segundo está lá escrito, o próprio foi quem doou as obras a Colômbia.

DSC_0030DSC_0024
De lá, resolvemos ir caminhando até a bilheteria do teleférico que leva ao monserrate. Antes tivéssemos ido de táxi.  Foi uma peregrinação subir ladeira acima sentindo falta de ar. Estamos numa altitude maior que a do Brasil e estranhamos um pouco. No caminho, mais ambulantes vendendo de tudo um pouco.

DSC_0043No teleférico pegamos uma bela de uma fila e havia muitos locais fazendo o passeio o que nos despertou a curiosidade para os costumes deles. A grande maioria se encontrava comendo algo que comprou nas barraquinhas e muitos carregavam uma garrafa grande de refrigerante embaixo do braço.
Ficamos na dúvida se haveria para nos opção de comprar algo para comer lá em cima. Já era tarde e não havíamos almoçado. Subimos mesmo assim. São 3 mil metros acima do nível do mar e uma vista privilegiada para a cidade de Bogotá que é bem grande por sinal.

DSC_0052Descobrimos que havia um restaurante para turistas lá em cima e foi lá mesmo que almoçamos. Boa comida, bom atendimento e uma bela vista.
Após o almoço, descemos pelo funicular que oferecia uma fila menor que o teleférico. Eles fazem caber o número máximo de pessoas para não perderem a viagem e vai-se um pouco espremido. Daí, em um determinado momento, atravessa-se um túnel e o pessoal grita no estilo parque de diversões. Chega a ser engraçado mas é bom estar de bom humor e disposto para fazer esse passeio num domingo. Melhor ir durante a semana, acreditamos que seja menos tumultuado.

DSC_0055Ao final do dia, fomos a casa de um amigo que não víamos há anos e conversamos bastante com colombianos que lá estavam. 🙂

Anúncios

Um pensamento sobre “Um domingo em Bogotá

  1. to adorando as postagens da viagem!!! Aquele milho me deu agua na boca!! Amo os gordinhos de Botero rsrs
    Beijinhos
    Sheila

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s